Sesa e Sesp inauguram laboratório multiusuário de patologia forense
25/05/2021 - 17:19

As Secretarias de Estado da Saúde e da Segurança Pública celebraram por meio de assinatura de termo de cooperação técnica com o Complexo Hospitalar do Trabalhador (CHT) para inauguração e utilização em conjunto do laboratório de patologia forense multiusuário da Polícia Científica do Paraná com o laboratório do CHT.

O acordo entre as pastas inclui a disponibilização do espaço físico e dos equipamentos cedidos pela Polícia Científica e em contrapartida, o CHT irá disponibilizar quatro patologistas e um técnico de laboratório de patologia para realização dos exames anatomopatológicos tanto do Instituto Médico Legal (IML) quanto do CHT.

“Graças ao governador Ratinho Junior, os secretários e diretores possuem abertura e autonomia para trabalharem e melhorarem os processos. Essa união de esforços potencializa as atividades tanto da equipe da Polícia Científica quanto da equipe do CHT e com isso maximizamos as ideias e procedimentos, diminuindo o tempo de resposta para a sociedade”, afirmou o secretário de Estado da Saúde (Sesa), Beto Preto.

CHT – O laboratório próprio do CHT tem mais de 20 anos e devido ao tempo de utilização não possui boas condições de estrutura e equipamentos. O diretor-superintendente do Complexo explica que a reforma desta unidade seria inviável. “O custo estimado da reforma é de pelo menos R$ 2 milhões, associado a compra de novos equipamentos esse valor aumenta ainda mais. Precisaríamos de muito investimento para termos no CHT um laboratório de patologia a altura da nossa necessidade atual”, disse.

“Nesta ação somam-se os interesses da Saúde com a Segurança por meio da unidade do IML que estava com dificuldade de realização dos exames patológicos criminais e no caso do CHT, os exames de patologia dos nossos pacientes que fazem biópsias, peças operatórias ou até mesmo necropsias”, acrescentou.

Ainda segundo o diretor, o laboratório já existente da Polícia Científica está pronto e equipado para uso, mas sem profissionais. “O CHT irá disponibilizar essa equipe para que os exames do IML e do complexo sejam realizados em horários distintos, utilizando um período do dia para cada unidade, por isso é dado o nome de laboratório multiusuário. É uma ideia simples e inteligente que resolve o problema das duas unidades, além de maximizar os recursos do Governo do Estado”, finalizou.

AMPLIAÇÃO – Com essa cooperação técnica, o laboratório do CHT será desativado e este espaço físico poderá ser utilizado para ampliação do atendimento neonatal do Hospital do Trabalhador, possibilitando a inauguração da primeira UTI de grande prematuridade do Paraná.

“Pretendemos reformar esse espaço com a equipe do próprio hospital e transformar em uma unidade de cuidados intermediários neonatais, para crianças de médio risco que saem da UTI. A partir disso teremos estrutura para inaugurarmos a primeira UTI de grande prematuridade do Estado com cerca de dez leitos”, explicou o diretor-superintendente do CHT.

PARCERIA – O coronel Romulo Marinho Soares, secretário de Estado da Segurança Pública (Sesp) destacou que com essa parceria, haverá diminuição no tempo de espera para resultados de exames. “Nosso principal objetivo é reduzir o tempo de espera de laudos periciais de mais de seis meses para no máximo dez dias, contribuindo com a elucidação de inquéritos e processos criminais”, disse.

“Essa parceria entre a Segurança e a Saúde não é recente, por isso gostaria de agradecer ao secretário Beto Preto que prontamente tem nos ajudado em diversas questões para que juntos possamos dar uma pronta resposta para os paranaenses”, acrescentou.

Para o diretor do Instituto Médico Legal (IML), André Ribeiro Langowiski, esse convênio entre as pastas irá otimizar o serviço prestado. “O IML tem uma boa estrutura predial e equipamentos de última geração que possibilitam a acomodação do laboratório de patologia. O CHT irá começar a realizar os seus exames de patologia nesta unidade, sem precisar reformar o ambiente atual do hospital e nem encontrar outro local para realizar o serviço, com isso otimizamos o trabalho e ficamos felizes com essa equipe do complexo que irá nos apoiar e auxiliar no cumprimento das nossas demandas”, disse.

PRESENÇAS – Participaram da inauguração o chefe da Casa Civil, Guto Silva, o diretor-geral da Sesp, coronel João Alfredo Zampieli, o diretor-geral da Polícia Científica do Paraná, Luiz Rodrigo Grochocki, o chefe do Estado Maior e subcomandante do Comando do Corpo de Bombeiros, coronel Manoel Vasco de Figueiredo Junior, o chefe de estado maior da Polícia Militar do Paraná, coronel Gelson Marcelo Jahnke, o diretor do Instituto de Criminalística, perito Mariano Schaffka Netto, o chefe de gabinete da Sesa, César Neves, a chefe dos laboratórios de patologia do CHT, Regina de Paula Xavier Gomes e o chefe do Departamento de Inteligência do Paraná, delegado Sivanei de Almeida Gomes.

Fonte: Sesa

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias