Gestor do Hospital do Trabalhador completa 18 anos à frente da instituição
26/01/2021 - 11:30

Geci Labres assumiu a direção do hospital em 2003. Durante o período foi criado o Complexo Hospitalar do Trabalhador, que reúne quatro hospitais, o CAIF e o AME. 

O Hospital do Trabalhador é uma instituição do Sistema Único de Saúde, protagonista no atendimento à pacientes Covid-19, referência em trauma para Curitiba e região, local de ensino e pesquisa, que reúne equipes múltiplas e de diferentes especialidades em serviços de alta complexidade. O local é dirigido há 18 anos pelo médico ginecologista Geci Labres de Sousa Júnior. 

Desde 23 de janeiro de 2003 muitas mudanças ocorreram na gestão da saúde estadual, mas o médico Geci permaneceu à frente do Hospital do Trabalhador (HT). De acordo com o secretário de Estado da Saúde, a competência do gestor reflete no trabalho da saúde pública. “Atuamos em busca da excelência na saúde pública e o doutor Geci é um entusiasta na questão de inovação e de propostas de melhorias. Tão importante quando à visão do gestor é a forma como ele aproxima e engaja as pessoas que trabalham com ele”.

O diretor é funcionário de carreira da Secretaria de Estado da Saúde desde 1994 e atuava na equipe do Hospital do Trabalhador quando foi convidado a assumir a direção. Em 2019, por meio da resolução Sesa nº 353 de 13 de junho, o Hospital do Trabalhador foi transformado em Complexo Hospitalar do Trabalhador e reúne, desde então, outras unidades de Saúde. Em 2021 já soma, além do próprio HT, o Hospital de Reabilitação Ana Carolina Moura Xavier, Hospital de Infectologia e Retaguarda Clínica Oswaldo Cruz, Hospital Regional da Lapa São Sebastião; além do Centro de Atendimento Integral ao Fissurado Labiopalatal (Caif) e o Ambulatório Médico de Especialidades (AME) em reforma na avenida Presidente Kennedy.
 
A gestão do CHT é diferente de outras unidades da Sesa, ela segue um convênio firmado entre Governo Federal (Universidade Federal do Paraná - UFPR e sua Fundação de Apoio - Funpar), Governo Estadual (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná - Sesa) e Governo Municipal (Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba - SMS). Este modelo de organização foi adotado em 1997, com a transformação do Hospital Geral do Portão em Hospital do Trabalhador.

RECONHECIMENTO – Muitas pessoas que atuam ou já atuaram na gestão do convênio ao longo do período da gestão do médico Geci reconhecem o trabalho realizado pelo diretor e gravaram em vídeo depoimentos para o diretor. Entre eles representantes das instituições conveniadas, colegas do HT e de profissão, da gestão estadual da saúde. O material foi apresentado ao diretor nesta segunda-feira (25) no auditório do Hospital do Trabalhador.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias